Notícias

29/04/2019 16:42

Comunicação Não-Violenta e Disciplina Positiva a serviço da Paz

Que tal um mundo onde a comunicação flua de forma clara e respeitosa, desde a infância, onde os relacionamentos sejam pautados pela paz e união?

Esse movimento é defendido e trabalhado pela Disciplina Positiva e Comunicação Não-Violenta.

Em Cuiabá uma das lideranças no assunto é a facilitadora de CNV (Comunicação Não-Violenta) Juliana Matsuoka, dentista que atualmente se dedica a estudar e compartilhar conhecimentos e práticas de não violência. “Me dedico a viver, estudar e compartilhar conhecimentos que nos ajudem a transformar brigas em conflitos construtivos. Tanto as brigas que temos com os outros, quanto às que temos com nós mesmos”.

Juliana acredita piamente que reverberamos o que temos dentro de nós, assim ela contribui com a cultura de Paz fazendo palestras, cursos e workshops sobre Comunicação Não-Violenta e Disciplina Positiva.

Ela é formada em Coaching Ontológico pelo Instituto Appana, fez treinamentos com treinadores certificados em Comunicação Não-Violenta e é certificada como educadora parental pela Positive Discipline Association.  A mudança de área fluiu após o nascimento da filha Emi, de dois aninhos.

Entre os diversos assuntos abordados em seus cursos, que tem atraído cada vez mais participantes, Juliana fala sobre a escuta ativa. “Escutar não é ser bonzinho, não é concordar, não é perder uma conversa, é um caminho poderoso para a cura, é o único meio para solucionar problemas de forma respeitosa”, afirma ela.  

Com didática própria e bem elaborada, Juliana realiza Workshops sobre as temáticas, com grande êxito. Nesses encontros ela socializa dicas práticas sobre a convivência diária na família, com sugestões valiosas para a convivência entre crianças e pais, especialmente.

 

Na prática – Juliana  enfatiza que sermão não funciona num longo prazo na relação pais e filhos. Para ela, a punição é qualquer ação que gere medo, culpa ou vergonha. Fomos ensinados que criar filhos é fazê-los com que eles se comportem. Nos esquecemos que para educar e ensinar com respeito precisamos nos conectar com eles, e isso tem início na escuta ativa. Todos os seres humanos, especialmente as crianças precisam de aceitação,  importância e pertencimento. Para que elas sejam capazes de aprender é importante que sintam seguras, acolhidas e autônomas.

Outra questão ressaltada são os julgamentos.  É o “tudo certo ou errado”. Segundo ela, isso bloqueia a conexão entre duas pessoas,  sendo ideal encontrar um meio termo, ir além disso.  Para Juliana,  não há receita de como criar um filho, o caminho é a conexão humana. Um dos fatores que mais atrapalham essa conexão é a turbulência emocional, os ruídos da Comunicação. O clássico “agora você vai ver”, por exemplo, é uma punição, uma ameaça, que fala mais sobre o nosso controle emocional como pais ou mães do que sobre o comportamento da criança.

Disciplina Positiva – É baseada nos livros da série escritos pela Dra. Jane Nelsen, prestigiada terapeuta de casais e famílias dos Estados Unidos, é autora de 18 livros sobre temáticas, entre eles o livro Disciplina Positiva, com mais de 2 milhões de exemplares vendidos.

Jane ensina habilidades sociais e de vida para crianças, adolescentes e adultos. O objetivo é encorajar pessoas a se tornarem responsáveis, respeitosas e resilientes por meio de recursos e ferramentas para solucionar problemas.

 

Comunicação Não-Violenta – As palavras são geradoras de conflitos entre as pessoas, sejam na família, no trabalho e em esfera macro social. Saber escutar  o que está sendo dito e não concluir o que “achamos ter entendido” é tarefa das mais complexas.

O criador do método da Comunicação Não-Violenta é o psicólogo clínico Marshall Rosenberg, que cresceu em um bairro turbulento de Detroit, nos Estados Unidos. Em 1984 ele criou o Center for Nonviolent Comuncation (CNVC), hoje uma organização internacional sem fins lucrativos, com dezenas de pessoas habilitadas a dar treinamentos em trinta países, entre eles, o Brasil.

A Comunicação Não Violenta pode ser aplicada em todos os ambientes e relações humanas. Ela nos ajuda a construir a ponte que nos liga ao outro, que é a conexão humana. A partir dessa conexão é que conseguimos transmitir nossas mensagens de forma clara e autêntica.

Os aprendizados são indicados para quem deseja:

- Dizer o que realmente quer dizer, sem ser agressivo nem passivo;

- Escutar as mensagens por trás das acusações, críticas e julgamentos dos outros;

- Adquirir clareza sobre o que se passa dentro de si.

- Pedir o que precisa, sem fazer exigências.

 

Pra acompanhar a agenda da Juliana Matsuoka o site é https://comunicacaoconsciente.com.

O instagram é @julianamatsuoka e o facebook é Juliana Matsuoka - Comunicação Consciente. 


Titulo fixo
Titulo fixo
Titulo fixo

Endereço

Rua Alberto Velho Moreira, 220
Bandeirantes
Cuiabá / MT

Telefones

65 3623-9135
65 99681-9135

Atendimento Imprensa

65 99972-8268

Titulo fixo
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo